Organizamos viagens culturais e de aventura em pequenos grupos para todos os recantos do planeta, de um modo sustentável, responsável, consciente e autêntico, onde o objetivo principal é proporcionar a todos os participantes a concretização dos seus sonhos.
A Mapamundo – Viagens de Aventura, é uma marca registada.

Siga-nos
IR PARA CIMA
Image Alt

Indochina

ANGKOR  

(Viagem – Indochina Imperial)

Localização: Siem Reap, a porta de entrada para a cidade berço de um dos maiores complexos religiosos do mundo “Angkor”.

Descrito por Henri Mouhot, o francês que despertou a consciência ocidental para os templos em 1860, que afirmou “um rival ao templo de Salomão, erigido por um antigo Michelangelo, mais grandioso do que qualquer obra romana ou grega”, os templos de Angkor são sem dúvida, um dos locais históricos de maior inspiração mundial.

Património da Humanidade desde 1992, com cerca de 400 templos, o complexo arqueológico de Angkor tem como peça central o templo Angkor Wat.

A era Angkor reflete o período mais glorioso da história do Camboja, durante o qual o império Khmer consolidou e atingiu seu auge em termos de realizações culturais e artísticas. O Templo Angkor Wat e a área circundante de cerca de 200 quilômetros quadrados, foram construídos durante este período. Construído pelo Rei Suryavarman II entre 1113 DC e 1150 DC, o mesmo foi dedicado a Vishnu, deus Hindu responsável pela sustentação do universo.

A primeira dinastia de Angkor foi fundada entre os anos 802-850 DC.

Acreditava-se que o rei tinha um papel divino, consequentemente cada rei deveria construir um templo para consagrar a relação simbólica entre governante e divindade. Quando o rei morresse o seu sucessor iniciaria a construção de um novo templo, que seria maior e mais grandioso que o construído pelo seu antecessor, dedicando-o à religião de sua escolha.

Um dos maiores governantes deste império foi Jayavarman VII (séculos XIII e XIV), budista devoto e grande construtor, mandou construiu a nova capital, Angkor Thom, que significa traduzido da língua Khmer, Grande Capital.

Ao longos dos anos desde a sua fundação, Angkor foi assim tornando-se num emaranhado de templos e estradas até ao seu declínio em meados do século XV. Posteriormente, ainda foram acrescentadas algumas construções, por exemplo, o enorme Buda reclinado no templo Baphuon.

Curiosidades: Em 1586, António da Madalena, um frade Capuchinho português foi o primeiro visitante ocidental a chegar a Angkor.

Informações adicionais

País
Camboja
Capital
Phnom Penh
Visto
É necessário visto
Língua oficial
Khmer
Moeda
Riel Cambojano
Vacinas
Recomendada Hepatite A e B

TAILÂNDIA + LAOS + CAMBOJA + VIETNAME

21 de Novembro a 12 de Dezembro 2021

Destaques:

  • Participe num ritual budista “ Tak Bat”
  • Navegue no Rio Mekong
  • Viaje no Reunification Express
  • Interaja com elefantes
  • Cruzeiro na Baía de Halong
  • Assista ao nascer do sol em Angkor

Descubra o coração e a alma da Indochina e aventure-se pelos quatro fascinantes Países do Sudeste Asiático.

Junte-se a nós nesta viagem ao coração e alma da Indochina. Conheça Luang Prabang a colorida cidade salpicada de monges, participe num ritual Budista e interaja com elefantes e búfalos de água. Viajamos no Reuinification Express, embarcamos num passeio pela Baía de Halong e exploramos de Tuk Tuk templos e mercados milenares. De barco lento a Speed Boat, descemos o rio Mekong rodeado de paisagens e culturas ancestrais. Experimentamos pratos que outrora foram servidos a imperadores e não terminamos a nossa viagem sem testemunhar o esplendor dos templos de Angkor.